O que Devo Fazer Para Limpar meu Histórico de Crédito

Em caso de histórico negativo, a pergunta persistente é o que devo fazer para limpar meu histórico de crédito? Aqui nós dizemos quais são os passos a seguir.

Ao solicitar um empréstimo, eles verificam seu histórico de crédito para ver se você está solvente. Ter um histórico de crédito limpo é muito importante para ter acesso a empréstimos de qualquer tipo. Se não estiver limpo, eles certamente lhe negarão o crédito.

Em primeiro lugar, deve ficar claro que não existe uma “solução mágica” para limpar seu histórico de crédito. Quando uma pessoa tem um empréstimo, ela imediatamente entra na agência de crédito. Isso não é necessariamente ruim. A agência de crédito é uma instituição onde é registada a situação financeira das pessoas que têm um empréstimo.

No México, aproximadamente 27 milhões de pessoas físicas e 48 milhões de empréstimos estão registrados no bureau de crédito, uma vez que todos eles possuem desde um cartão de crédito até um empréstimo hipotecário.

Por estar no bureau de crédito, cada pessoa tem uma pontuação baseada no cumprimento ou não dos pagamentos. Então, se a pessoa que tem o crédito cumpre os pagamentos em dia e tem dívidas pequenas, o bureau de crédito emite o histórico onde é especificado que está limpo, com base em uma pontuação. Se você não faz pagamentos e está inadimplente, seu histórico de crédito não está limpo.

A pontuação concedida pelo bureau de crédito varia de 400 a 850 pontos. Se sua pontuação estiver perto de 850, você está em boa situação financeira e tem um histórico de crédito limpo.

Agora, quando a pontuação é ruim e não temos um histórico de crédito limpo, como podemos limpar isso? Enquanto você tiver um empréstimo, você não sairá do bureau de crédito, mas o que muda é a classificação dada pelo credor em relação à nossa solvência. Simplificando, se cobrimos o pagamento em dia ou não.

Leia também: Como Aumentar o Score

Duas soluções

Existem duas maneiras de limpar seu histórico de crédito. A primeira acontece quando a dívida para de pagar, embora o registro não seja necessariamente muito limpo. A segunda acontece quando a dívida é coberta.

No primeiro cenário, cada pessoa tem suas informações cadastradas no banco de dados do bureau de crédito. Quando alguém deixa de pagar, os créditos registrados podem ser eliminados em diferentes períodos, dependendo do valor devido. De acordo com o Buró de Credito da Sociedade de Informação de Crédito, no valor das dívidas devem ser utilizadas as Unidades de Investimento ( UDIS ); o valor de cada unidade é calculado pelo Banco de México.

Se menos de 25 UDIS forem devidos, ele será eliminado após 12 meses de falta de pagamento. Se forem devidos entre 25 e 500 UDIS, ele será eliminado dois anos após a interrupção do pagamento. Entre 500 e 1000 UDIS, a dívida é eliminada após 4 anos de inadimplência. O cálculo de cada período inicia-se quando a instituição a quem é devido comunica pela primeira vez o não pagamento.

Quando os créditos variam entre 1000 e 400 mil UDIS, o tempo de eliminação é de 6 anos, desde que o crédito não esteja em processo judicial e não tenha sido cometida fraude. Todos estes prazos para o apagamento da informação foram estabelecidos pela Lei de Regulamentação das Empresas de Informação de Crédito e pelo Regulamento Geral do Banco de México.

É muito importante ter em mente que, mesmo que os dados da agência de crédito sejam apagados, a dívida permanece válida (não é cancelada) pelos próximos 10 anos, o que significa que o credor tem o direito de continuar cobrando a dívida.

No segundo cenário, quando a dívida é coberta, embora ainda estejamos no bureau de crédito, o histórico de crédito muda para uma boa pontuação nos próximos 35 a 45 dias. Com isso queremos dizer que no histórico de crédito constará que cumprimos o pagamento da dívida e estamos solventes.

O mais aconselhável é que, ao fazer um empréstimo, cumpra os pagamentos em dia para não ter um resultado negativo no seu histórico de crédito. Se, por algum motivo, você já tem um histórico de crédito sujo, precisa limpá-lo pagando a dívida. Ter um histórico de crédito limpo significa que é mais fácil obter crédito de qualquer tipo.

Dicas Para Combater a Impotência Após ter Infarto

A ereção é uma função do organismo masculino que está diretamente ligada com a circulação de sangue. Por isso é que muita gente se pergunta se os problemas de ereção podem indicar também um problema cardiovascular e vice-versa.

Mais do que isso, não é incomum que pacientes que já sofreram infarto fiquem preocupados em relação ao seu desempenho sexual futuro e isso é algo até bem normal.

É por isso que hoje vamos falar um pouco mais sobre a relação entre impotência sexual e infarto e suas nuances. Lembre-se que se você já teve infarto, não use produtos químicos para impotência, nesse caso recomendo que use o Fizzy Max que é um estimulante totalmente natural.

Quem teve infarto pode voltar a ter ereção?

Uma ereção só ocorre quando os corpos cavernosos do pênis são inteiramente preenchidos de sangue. Para que isso ocorra, as artérias que vão em direção ao pênis se dilatam e o coração bombeia o sangue para que ele chegue até onde é preciso.

Portanto, podemos dizer que a ereção é, também, um fenômeno que tem relação ao sistema cardiovascular, embora envolva outros sistemas também.

No infarto, ocorre a um prejuízo ou a “morte” de uma determinada área do coração, que é causada pela falta de irrigação do sangue naquela região.

No entanto, mesmo com a função comprometida, o coração não perde a sua função de bombeamento. Logo, a ereção não deve ser afetada, com exceção de infartos mais extensos e que limitam a rotina do paciente.

Dificuldade de ereção indica problemas cardíacos?

Como já foi dito, a ereção é um fenômeno que envolve uma série de sistemas, incluindo o nervoso, cardiovascular e outros. Portanto, não se pode dizer com toda a certeza de que todos os quadros de impotência indicam um problema cardiovascular, mas a verdade é que em alguns casos, essa relação pode existir.

Sendo assim, é importante lembrar que a obrigação do urologista ao receber um paciente com essa condição, é encaminhá-lo ao cardiologista para fazer uma checagem geral, podendo descartar, ou não, o problema.

Remédios para o coração causam impotência?

Infelizmente, a verdade é que a maioria dos medicamentos utilizados no tratamento dos problemas cardiovasculares podem sim aumentar os risco de disfunções sexuais.

De acordo com dados de estudos, até 20% dos pacientes que fazem uso desse tipo de remédio podem desenvolver problemas de ereção ou falta de apetite sexual.

Normalmente, isso é mais comum com medicamentos conhecidos como betabloqueadores, que são usados na prevenção de novos infartos e também no tratamento da hipertensão.

Seja qual for o caso, a dica é estar sempre em contato com o médico e fazer os acompanhamento regular do problema.

Dicas de como emagrecer dormindo

Pode até parecer sonho, mas emagrecer dormindo não é algo impossível e aqui vamos entender um pouco melhor sobre esse assunto e como se pode conquistar essa maravilha.

O fato é que sempre que o assunto é a perda de peso, já pensamos logo em sofrimento, dietas altamente restritivas e exercícios físicos extenuantes. Não há como não desanimar totalmente com isso.

Acontece que tendo um sono bem regulado e de qualidade, até mesmo ele pode ser um grande aliado. Vale sempre lembrar que isso varia para cada pessoa.

No entanto, segundo especialistas, se você dormir do jeito certo e mais indicado para suas necessidades, pode eliminar até 7 quilos em apenas um mês.

Se você também está curioso, vamos entender melhor sobre o assunto a seguir.

Como o sono emagrece?

Segundo estudos, as gorduras podem ser transformadas em energia de forma mais rápida enquanto se dorme. No entanto, é preciso ter, pelo menos, 7 horas e meia de sono.

Com isso, o metabolismo acelera, os hormônios se regulam e você consegue se alimentar de forma mais equilibrada no dia seguinte, conseguindo emagrecer.

A Universidade de Chicago, dos Estados Unidos, comprovou que pessoas adultas que dormem bem apresentam um nível de gordura abdominal até 20% menos.

Dessa forma, quanto pior é a qualidade e quantidade de sono, mais altos são os níveis de cortisol, que levam ao acúmulo de gordura, especialmente na região abdominal.

Existem produtos naturais como o detox caps que ajuda muito no emagrecimento enquanto você dorme.

Quanto tem que dormir para perder peso?

Segundo pesquisas realizadas, a quantidade de sono necessária vai variar de uma pessoa para a outra. Isso quer dizer que não existe uma regra que vá dar certo para todo mundo.

No entanto, há um parâmetro que pode ser usado de uma forma geral. Nesse caso, deve-se considerar que cada estágio do sono possui 90 minutos. Considerando que o ideal é dormir ao menos 5 estágios desses por noite, temos uma soma de 7 horas e meia de sono, pelo menos.

Uma boa dica para isso é ter uma alimentação leve antes de dormir, evitar o consumo de estimulantes depois do fim da tarde, ter uma alimentação saudável também tomar um solzinho pela manhã.

Fazendo isso, seu sono já será mais tranquilo e o organismo terá o tempo que necessita para queimar calorias, regular suas funções e produzir hormônios, como a grelina, leptina, cortisol e o hgh!

Pronto, agora você já sabe como emagrecer dormindo e já pode aproveitar para perder peso enquanto repousa!

Tem como emagrecer o rosto?

Muita gente, mesmo conseguindo emagrecer, ainda continua com o rosto mais arredondado e isso pode ser um problema, afinal, não há como disfarçar com roupas.

Vale lembrar que, se você está feliz com a sua forma, não ceda à pressão estética. Porém, se isso é algo que incomoda você de verdade, nada melhor do que conhecer alternativas para emagrecer o rosto de forma eficiente.

Perder peso e ter um corpo magro e bonito hoje em dia é muito mais fácil do que anos atrás porque existem emagrecedores como o Slim4vit que realmente funcionam e aceleram a perda de peso, mas para algumas pessoas, mesmo emagrecendo o rosto continua redondo, se este é o seu caso veja nossas dicas abaixo para emagrecer no rosto:

  • Exercícios faciais

Alguns exercícios da face podem ajudar a melhorar a aparência da pele, bem como combater o envelhecimento e até melhorar o tônus muscular.

Colocando esses exercícios na sua rotina e deixando seu rosto mais tonificado, ele também pode parecer mais magro.

Alguns desses exercícios mais populares são inchar as bochechas, empurrar o ar na boca de um lado ao outro, franzir os lácios em lados alternados e outros.

  • Exercícios aeróbicos

Diversas vezes, a gordura do rosto é o resultado de um excesso de gordura que ainda está distribuído no corpo como um todo. Dessa forma, a prática de exercícios físicos aeróbicos pode ser muito benéfica.

O ideal é focar em uma atividade física que eleve a frequência cardíaca, podendo ser de 20 a 40 minutos por dia, dependendo da intensidade.

  • Não esqueça de beber água

A água potável é essencial para a sua saúde, mas pode ser ainda mais importante para quem quer emagrecer o rosto.

Estudos sugerem que a água melhora a qualidade da pele e que pode favorecer a perda peso, facilitando a eliminação de toxinas. Por isso, é essencial para a perda de peso de uma forma geral.

  • Diminuir o consumo de álcool

Uma cervejinha ou um drink de vez em quando é muito bom e não faz mais para ninguém. No entanto, exagerar na dose ou fazer isso repetidamente pode acabar causando o inchado da face.

Mais do que isso, as bebidas alcoólicas tendem a ser ricas em calorias e bastante pobres em nutrientes, o que é algo associado ao aumento no risco de ganho de peso.

  • Atenção aos carboidratos

Nada de achar que eles são os vilões. Você não precisa cortar os carboidratos da sua dieta! No entanto, a dica é sempre trocar os refinados pelos integrais, que agregam fibras à dieta e possuem mais nutrientes.

Mais do que isso, consumir com moderação é a chave de tudo.

Pronto, agora você já sabe como emagrecer o rosto e ter os melhores resultados!

Emagrecimento rápido é possível mesmo?

Emagrecer com saúde pode parecer um sonho distante para a maioria dos brasileiros que desejam se livrar dos quilos extras. Basicamente, o processo consiste em gastar uma quantidade maior de calorias do que aquela que o nosso corpo consome.

No entanto, nem sempre é fácil saber como fazer isso para ter os melhores resultados e se livrar da gordura de uma forma efetiva.

Vale lembrar que o melhor é fazer isso sempre de uma forma gradativa, adotando uma alimentação saudável e variada, além de praticar atividade adequada.

Para tornar esse processo de emagrecimento rápido mais simples para você, veja a seguir algumas dicas ótimas que você pode começar a implementar agora mesmo:

  • Aposte em alimentos funcionais, que ajudam a queimar a gordura, aumentar a saciedade, melhorar a função intestinal, eliminar o líquido retido, acelerar a queima de gordura e etc.
  • Evite fazer dietas altamente restritivas, pois tendem a desencadear compulsão
  • Invista em uma alimentação equilibrada e, acima de tudo, variada
  • Aposte em chás que ajudam no emagrecimento
  • Pratique atividades aeróbicas, que são essenciais para a queima de gordura
  • Evite ditas “milagrosas” da moda
  • Aposte na adoção de hábitos saudáveis
  • Reduza o seu consumo de sal e de açúcares
  • Elimine o consumo de gorduras trans
  • Evite o consumo de gorduras saturadas
  • Invista no ganho muscular
  • Atente-se aos sinais do seu corpo. Aprenda a escutá-lo
  • Atente-se para as calorias dos alimentos
  • Não deixe de ingerir uma média de 2 litros de água por dia
  • Maneire no consumo de bebidas alcoólicas
  • Entenda qual o seu peso ideal
  • Diminua o consumo diário de calorias

Seguindo essas dicas, certamente você já estará trilhando um ótimo caminho de emagrecimento rápido e eficiente.

Dica de ouro para emagrecimento rápido

Não deixe de consumir alimentos que possam atuar no organismo potencializando e estimulando a queima de gordura.

Dentre eles, podemos citar a pimenta, o gengibre, a canela, a lichia, o chá de hibisco, o chá verde, a farinha de amora, a cafeína e muitos outros.

Alimentos que são ricos em ômega-3 também são ótimos para o organismo, favorecendo o emagrecimento por causa de sua ação anti-inflamatória.

Então, aposte em sardinha, atum, arenque, linhaça, castanhas, salmão e outros.

Alimentos que aumentam a saciedade também são ótimos, pois aumentam o controle alimentar. Nesse caso, é ideal optar por fontes de fibras, tais como a berinjela, feijões, grão de bico, lentilha, chia, linhaça, semente de abóbora e muito mais.

Mais do que isso, não esqueça de praticar atividade física, pois isso irá aumentar seu gasto calórico e potencializar a perda de peso. Os exercícios HIIT podem ser uma ótima opção!